Artigos

Voltar

AGOSTO VERDE CLARO

 Linfoma é um câncer (tumor maligno) que tem origem no sistema linfático, uma rede complexa de tubos (vasos linfáticos), nódulos (ou linfonodos) e outros órgãos, que é responsável pelo transporte de linfócitos (glóbulos brancos), entre outras substancias, através dos vasos linfáticos, para todas as partes do corpo. A doença se desenvolve nos linfonodos, encontrados em várias partes do corpo, principalmente na axila, no pescoço e na virilha.

Na maioria dos casos, a causa do linfoma não é conhecida. Seu início pode ser resultado de mudanças nos genes de linfócitos. Essa alteração nos genes poderia interferir na divisão ou morte celular. O surgimento do linfoma também pode estar relacionado a alguns tipos de infecções virais ou bacterianas, que afetam o sistema imunológico. Como os demais tipos de câncer, o linfoma não é contagioso.

Existem vários subtipos de linfomas, muitos oncologistas agrupam os tipos de linfoma de acordo com a velocidade de crescimento e progressão da doença, como de baixo ou alto grau, levando em consideração o padrão da biópsia do linfonodo feita ao microscópio e o tipo celular predominante dos linfócitos (T ou B). Os mais comuns são o linfoma de Hodgkin e os linfomas não-Hodgkin.

O linfoma de Hodgkin pode surgir em qualquer parte do corpo e o sintoma inicial mais comum é um aumento indolor dos linfonodos (ou ínguas) no pescoço, porção superior do peito, interior do tórax, axilas, abdome ou virilha.

Além dos sintomas acima, o linfoma não-Hodgkin também pode apresentar manifestações no estômago, pele, cavidade oral, intestino delgado e sistema nervoso central (SNC). É menos frequente, mas também pode se manifestar na região próxima às amídalas.

Principais sintomas do linfoma:

  • Febre persistente ou recorrente (que vai e volta, ou não passa), sem motivo aparente
  • Coceira persistente por todo o corpo
  • Aumento de gânglios do pescoço, axila ou virilha (geralmente sem dor)
  • Suores noturnos
  • Cansaço e mal estar
  • Perda de peso significativa e falta de apetite

Os sintomas da doença podem variar também de acordo com a sua localização. Veja a seguir.

  • Quando se desenvolvem nos linfonodos superficiais: como estão próximos à pele, no pescoço, axilas e virilhas, os sintomas incluirão o aparecimento de gânglios (ínguas) aumentados e indolores nestes locais;
  • Quando o linfoma ocorre na região do tórax: os sintomas podem ser tosse, falta de ar e dor torácica;
  • Quando se apresenta na pelve e no abdômen: os sintomas podem ser sensação de distensão abdominal (inchaço) após as refeições;
  • Raramente, a doença pode começar nos ossos, pulmões ou pele. Nesses casos, os pacientes costumam apresentar sintomas como dor óssea, tosse, dor no peito, erupções ou nódulos na pele, respectivamente.

 

 

Artigos Relacionados

O Autismo afeta em maior parte os meninos

Quarta-feira - 06/04/2011

Veja mais

O Stress provoca Nervosismo, Ansiedade, Esgotamento mental e muitos sintomas físicos

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

60 dicas para você

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

Cão é capaz de farejar câncer de intestino, indica pesquisa

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

A cama diz coisas

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

Descubra algumas receitas de sucos para acabar com o stress, fadiga e muito mais...

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

Armadilhas no quarto podem prejudicar a qualidade do sono na hora de dormir.

Terça-feira - 26/04/2011

Veja mais

Veja 10 dos erros mais comuns que comprometem a beleza da pele e fuja deles!

Terça-feira - 28/06/2011

Veja mais

8 alimentos amigos do coração !

Quarta-feira - 29/06/2011

Veja mais

Como perder a barriga?

Sexta-feira - 01/07/2011

Veja mais