Artigos

Voltar

Saiba como se preparar para o financiamento Imobiliário

 O financiamento imobiliário é uma excelente alternativa para sair do aluguel e conquistar a casa própria. Mas antes de tomar qualquer decisão é necessário atentar-se ao máximo de detalhes para evitar eventuais problemas.

"Na hora de financiar um imóvel, o primeiro e mais importante passo é se planejar para isso. Muitas vezes há uma falsa ilusão com o valor da parcela, ela pode parecer ter um valor pequeno, porém, é importante ver o prazo do financiamento e multiplicar esses dois valores para chegar ao valor total tomado emprestado, pois ele acaba sendo bem maior do que o valor do imóvel propriamente dito. Isso acontece pelo impacto dos juros", explica o Educador Financeiro e Fundador da Gestão Financeira Criativa (GFC), Victor Lavagnini Barboza.

É importante realizar um planejamento financeiro, com critérios de decisões prudentes e contando com receitas futuras com relevante nível de certeza."Antes de obter um financiamento imobiliário é necessário colocar em um papel, na ponta do lápis, um fluxo de caixa do dinheiro que se tem, da renda que se tem e dos recebimentos futuros, abater as despesas particulares como cartão de crédito, alimentação, combustível, estudos que sejam necessárias para os próximos anos. Assim é possível obter uma boa perspectiva de nossa capacidade de pagamento das prestações futuras, lembrando que, muitos empreendimentos enquanto estão em obras e contam com mensalidades, parcelas trimestrais, semestrais e até mesmo anuais (atualizadas pelo INCC - Índice Nacional de Custo da Construção) além do valor para entrega das chaves.", lembra o contador Ricardo Gobatti Cunha.

Por isso, na hora de escolher o banco ideal para financiar a casa própria é preciso estudar todas as condições. É muito importante ficar atento com o valor das taxas de juros, pois são determinantes para indicar o custo do financiamento. Uma taxa de juros mais alta será o suficiente para aumentar o valor da prestação e consequentemente o montante final que você terá de pagar.

O nível de relacionamento do cliente com o banco interferirá na cota e taxa de juros da contratação do crédito imobiliário. Ou seja, é importante consultar mais de uma instituição bancária e avaliar as melhores alternativas de financiamento.

Por outro lado, o agente financeiro vai fazer uma análise do seu perfil e levará em conta, o estado civil, idade, cargo atual e tipo de renda (forma ou informal). Segundo especialistas, o que ajuda a ter o crédito aprovado com facilidade são fatores como ter contas pagas em dia, mais de três anos de carteira assinada.

E são prejudiciais para aprovação ter o nome no cadastro do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) ou do Serasa Experian, que apontam dividas de empréstimos ou acordos para pagamento de dívidas de cartões de crédito.

Outro detalhe interessante é a possibilidade de utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como parte de seus recursos próprios para amortizar ou liquidar o saldo devedor do financiamento imobiliário.

Fonte:
SP Imóvel

Artigos Relacionados

Crescimento do setor pode dobrar indústria de fundos imobiliários

Sexta-feira - 12/04/2013

Veja mais

China investe em fábrica de tablets no Brasil

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

Contratos novos de aluguel sobem 15,3% em um ano em São Paulo

Quinta-feira - 28/04/2011

Veja mais

Na maior parte dos distritos de São Paulo, o três-quartos custa mais de R$ 400 mil

Segunda-feira - 09/05/2011

Veja mais

IGP-M fica em 0,43% em maio e tem alta de 9,77% em 12 meses, diz FGV

Terça-feira - 31/05/2011

Veja mais

Regras para cartões de crédito entram em vigor

Quarta-feira - 01/06/2011

Veja mais

É obrigatório ter um corretor de imóveis em uma negociação de compra e venda?

Segunda-feira - 20/06/2011

Veja mais

Veja as 10 pessoas mais ricas do mundo, segundo a Forbes

Quinta-feira - 30/06/2011

Veja mais

Os 6 comerciais mais caros de todos os tempos

Segunda-feira - 18/07/2011

Veja mais

Afinal, que tipo de despesa é do inquilino e do locador?

Terça-feira - 02/08/2011

Veja mais