Artigos

Voltar

Financiamento imobiliário puxa carteira de crédito PF do Banco do Brasil

 Contratações no segmento evoluíram 6,8% no primeiro trimestre

 

A carteira de crédito para pessoa física (PF) do Banco do Brasil (BB) apresentou no primeiro trimestre um crescimento de 3% sobre idêntica etapa de 2017, alcançando a marca de R$ 177,2 bilhões. Um dos grandes destaques foi o financiamento imobiliário, que subiu 6,8% na mesma comparação. Outro segmento decisivo para a evolução foi o crédito consignado, que aumentou 8,2%.

Por outro lado, a carteira de crédito da pessoa jurídica (PJ) da instituição teve redução de 6,3%. Houve recuo de 7,4% nas operações de capital de giro e também diminuição nos investimentos e no financiamento imobiliário nesse segmento.

Com os resultados, a carteira de crédito do BB apresentou um declive de 1,9%, encerrando março com R$ 675,65 bilhões, montante 0,8% menor que o fim do ano passado.

Lucro

De uma forma geral, o Banco do Brasil registrou no primeiro trimestre um lucro líquido de R$ 2.749 bilhões, um salto de 12,5% sobre um ano antes e volume 11,6% menor que os três meses anteriores.

O lucro líquido ajustado atingiu R$ 3 bilhões no período, acréscimo anual de 20,3%. Já as receitas com tarifas progrediram 5,4%. A despesa líquida (que subtrai os valores recuperados do total) perfez R$ 4,24 bilhões, uma retração de 26,3%.

Por sua vez, as despesas administrativas contraíram 0,2%, enquanto que a folha de pagamentos da instituição decresceu em cerca de 2 mil colaboradores. O RSPL (sigla em inglês para retorno sobre patrimônio líquido), que é um indicador de rentabilidade, evoluiu 0,9 ponto percentual em um ano, para 13,2% no primeiro trimestre.

 

Informações: www.bb.com.br

Artigos Relacionados

Crescimento do setor pode dobrar indústria de fundos imobiliários

Sexta-feira - 12/04/2013

Veja mais

China investe em fábrica de tablets no Brasil

Sexta-feira - 08/04/2011

Veja mais

Contratos novos de aluguel sobem 15,3% em um ano em São Paulo

Quinta-feira - 28/04/2011

Veja mais

Na maior parte dos distritos de São Paulo, o três-quartos custa mais de R$ 400 mil

Segunda-feira - 09/05/2011

Veja mais

IGP-M fica em 0,43% em maio e tem alta de 9,77% em 12 meses, diz FGV

Terça-feira - 31/05/2011

Veja mais

Regras para cartões de crédito entram em vigor

Quarta-feira - 01/06/2011

Veja mais

É obrigatório ter um corretor de imóveis em uma negociação de compra e venda?

Segunda-feira - 20/06/2011

Veja mais

Veja as 10 pessoas mais ricas do mundo, segundo a Forbes

Quinta-feira - 30/06/2011

Veja mais

Os 6 comerciais mais caros de todos os tempos

Segunda-feira - 18/07/2011

Veja mais

Afinal, que tipo de despesa é do inquilino e do locador?

Terça-feira - 02/08/2011

Veja mais