Artigos

Voltar

CUIDADOS BÁSICOS PARA CURTIR O CARNAVAL

 "Quanto riso ó, quanta alegria!" Nos festejos do Carnaval, os foliões abusam na produção do look, no consumo de bebidas, na alimentação e, muitas vezes, desconhecem os danos que os exageros podem causar.

Quem vai passar o feriado se divertindo no sambódromo, atrás de um trio elétrico, na rua ou no salão não pode esquecer alguns cuidados importantes com o corpo. Como manter a Saúde intacta?

 

Samba no pé

Sambar é bom, a descontração é geral e a adrenalina vai lá em cima. Horas de folia resultam em pernas cansadas e pés esmigalhados. "Sempre que sentir a perna cansada, o ideal é procurar um espaço para relaxar. Apoiar as pernas em uma parede por cerca de meia hora, estendendo-as para cima, é um ótimo remédio", explica o preparador físico Eduardo Magalhães.

É importante ainda não ficar muito tempo parado em pé ou sentado, para manter a boa circulação do sangue. "As ‘batatas das pernas’ funcionam como um coração, ajudando o sangue a retornar dos pés. Com estes cuidados, as pernas vão agüentar mais facilmente a maratona carnavalesca", diz Magalhães.

Hidratação total

O conselho é antigo, mas não custa reforçar: beba muito líquido durante a folia, como água mineral, sucos de frutas, água de coco e bebidas isotônicas, e tome cuidado com a procedência dos produtos. "Se a pessoa for beber algo alcoólico, não esqueça de intercalar com sucos e refrigerantes. Dessa forma dá uma balanceada na glicose e não fica com aquela sensação péssima de quem bebeu demais", diz a nutricionista Fernanda Giannecchini, da Clínica Onodera.

Cardápio do dia

Para garantir a energia do corpo, prefira os alimentos ricos em carboidratos. "É o caso de bolachas, pães e torradas integrais e barras de cereal, também ricos em fibra. O melhor é evitar alimentos gordurosos e frituras, que prejudicam a digestão e provocam sono, o que é péssimo para quem vai desfilar ou acompanhar o trio elétrico", afirma Fernanda.

Encher a cara

O álcool costuma ser responsável por 50% das internações em pronto-atendimento de hospitais, causando danos ainda maiores em pessoas que não estão acostumadas a beber e que, nessa ocasião, exageram na dose.

Segundo Fernanda, o consumo elevado pode até provocar pancreatite - inflamação do pâncreas, órgão situado na parte superior do abdômen, aproximadamente atrás do estômago -, expondo o paciente ao risco de morte. "Se for beber, não consuma bebidas alcoólicas de estômago vazio, intercale a ingestão do álcool com doses de água e sucos", aconselha a nutricionista.

Roupas

Para ter força até o último dia de animação é indicado que seja usado roupas não sintéticas para facilitar a transpiração, calçados confortáveis e destinar boas horas para o repouso. "Esta é a chance, de quem passa perto ou longe da folia, de dar o pontapé inicial na malhação", afirma Eduardo Magalhães.

fonte: Mais equilibrio

Artigos Relacionados

Ibirapuera

Quarta-feira - 10/04/2013

Veja mais

Cidade de Santos

Quarta-feira - 10/04/2013

Veja mais

Cidade de São Paulo

Quarta-feira - 10/04/2013

Veja mais

Ubatuba - SP

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Museu do Ipiranga (Paulista)

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Campinas

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Piracicaba

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Praia Grande

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Catavento - São Paulo

Sábado - 20/04/2013

Veja mais

Os 3 caminhos mais fáceis para encantar o cliente

Segunda-feira - 21/07/2014

Veja mais